Preparar as crianças para o calor

Numa das últimas urgências, tivemos que internar uma criança (quase na adolescência) com desidratação e queimadura solar. Estivera o dia todo na praia. Com a brisa do mar a soprara levemente, não se apercebeu que os raios de sol queimavam tanto nem reforçou o creme protetor. Mas o calor e a queimadura solar fizeram que a desidratação se instalasse lentamente. Chegou ao hospital já de noite, porque a Mãe já não a conseguia dar água para beber de tão apática que a rapariga estava.

 

Não é por falta de aviso, porque a Direção Geral de Saúde já enviou novo alerta para as as subidas bruscas de temperatura. O calor extremo apresenta riscos graves para as crianças, que pode ir da desidratação ao choque (ou golpe) de calor, também conhecido como insolação. Os sintomas precoces da desidratação podem ser um simples cansaço a um mal-estar geral, náusea, pouca quantidade de urina (mais escura e com mais cheiro), língua seca. Mas vai progredindo para: cansaço extremo, alteração de consciência, caimbras musculares, vómito, anúria (não urina), dificuldade respiratória. Estes são sinais de alarme que deverão levar à consulta urgente de um médico.

 

No entanto, o mais importante é prevenir. Ter cuidados com o calor e com a exposição solar, que passam por:

  • evitar andar na rua nas horas de maior calor (tipicamente entre 11h e as 17h);
  • programar brincadeiras em locais frescos, de preferência com ar condicionado. Se não tiver ar condicionado em casa ou no local onde vai passear, identifique edifícios públicos que possam ter: bibliotecas, centros comerciais, etc;
  • oferecer muita água às crianças (mesmo que em forma de frutas como a melancia e o melão);
  • planear mais períodos de descanso;
  • arrefecer com banhos frescos e brincadeiras na água;
  • (independente da onda de calor), nunca deixar uma criança no carro sozinha;
  • proteger-se (a si e às crianças) do sol: evitar expor-se nas horas em que o Sol está mais alto, usar chapéu com abas largas e óculos de sol, roupas frescas e claras, creme protetor adequado à idade [mais informação aqui].

 

Child-drinking-from-bottle

[fonte: noisygeek.com]

 

O clima português é ótimo. Temos praias (fluviais e marítimas) onde nos podemos divertir grande parte do ano. Não é preciso querer tudo de uma vez. Saber gerir o tempo que nos expomos ao sol e ao calor é um bom exemplo a transmitir aos nossos filhos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: