8 cuidados a ter com o Sol e as crianças

O Sol já começa a aparecer. Depois de dias e dias de chuva, a vontade de brincar ao ar livre foi acumulando. O Sol faz-nos bem. Entre muitas outras coisas, ajuda-nos à produção de vitamina D que é fundamental para o crescimento e manutenção da qualidade dos nossos ossos. Mas como em tudo na vida, o Sol deve ser tomado com moderação. Para além das queimaduras solares, os raios UV provocam alterações degenerativas na pele que levam ao envelhecimento precoce da mesma e, no limite, ao aparecimento de cancro. Assim, faz sentido recordar alguns cuidados a ter com os mais pequenos.

[fonte: palmbeachspraytan.com]

1. Evitar exposição solar durante longos períodos de tempo e na alturas em que o Sol está mais alto. As horas em que as suas radiações estão mais perpendiculares à Terra são as horas mais perigosas.
2. Usar chapéu com abas largas ou boné. Eles protegem a face e os olhos.

3. Ainda para proteger os olhos, a criança deverá usar óculos de sol. As crianças podem usar óculos de Sol em qualquer idade. Mais do que critérios de moda os pais devem certificar-se que as lentes têm qualidade. Pode ler mais sobre óculos de Sol, lendo este artigo escrito pelo Dr. Fernando Vaz.

4. Oferecer água, para evitar a desidratação.

5. Usar roupas frescas e claras. O vestuário funciona como primeiro filtro contra as radiações solares.

6. Em todas as zonas expostas, aplicar um creme protector adequado à idade da criança pode ser confuso. Existem protectores solares de 3 tipos: os de filtro físico, os de filtro químico e os mistos.  Se quiser entrar nos pormenores que distinguem os diferentes tipos de protectores, poderão ler este post aqui.  De forma muito breve, os filtros físicos formam uma película reflectora para os raios não penetrarem na profundidade da pele, enquanto os filtros químicos são constituídos por químicos que, depois de absorvidas pela pele, são transformadas em substâncias capazes de absorver os raios solares, impedindo que eles entrem nas camadas mais profundas da pele. Estas reacções dos filtros químicos parecem não acontecer eficazmente em crianças menores de 2 anos. Mais, os filtros químicos podem provocar irritação da pele das crianças mais pequenas ou das que têm peles mais sensíveis. Sendo assim,

  • Bebé <6 meses: proteger com creme 100% mineral nas zonas expostas e evitar ao máximo a exposição directa ao Sol.
  • Bebé entre os 6-12 meses: proteger com creme 100% mineral todas as zonas expostas.
  • Criança entre 12-24 meses: proteger com creme 100% mineral ou creme misto (filtro físico e filtro químico).
  • Apartir dos 2 anos: creme misto ou de filtro químico.

7. Não esquecer que o creme protector deverá ser sempre de ter um factor de protecção 30 ou mais e deverá ser renovado frequentemente. Alguns cremes referem que devem ser aplicados de 30 em 30 minutos.

8. Depois da exposição solar mais ou menos prolongada são necessários outros tipos de cuidado. Primeiro, hidratar o organismo com grandes quantidades de água e minerais. As frutas e os legumes têm ambos os componentes. Segundo, hidratar a pele, aplicando creme ou leite de corpo.

[fonte: texaschildrensblog.org]
Este texto foi originalmente publicado na Pumpkin.pt.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: