Educare para a radiação de alguns exames

Ando com um pouco de preguicite para escrever textos científicos. Para mais, o texto que estou a preparar é sobre refluxo gastro-esofágico – tema que dá pano para mangas… Enquanto sai e não sai, deixo-vos a sugestão para visitarem a Educare.pt. Existe lá uma secção da responsabilidade do Serviço de Pediatria aqui do Hospital de Braga.

O último texto é sobre os Efeitos da radiação dos exames de imagem em idades pediátricas. Quantas vezes ouvimos a queixa «não é melhor fazer um raio x?» ou pior «a minha vizinha também caiu e só com a TAC é que lhe encontraram o hematoma na cabeça…*» Os pais depositam muitas esperanças nos exames auxiliares de diagnóstico. Esperanças legítimas, mas na maior parte das vezes infundadas. Como o próprio nome diz, os exames são auxiliares, isto é, ajudam o médico a chegar ao diagnóstico. Se ele não precisou de irradiar a criança para lá chegar, melhor. Se, depois da história clínica e do exame físico cuidado, o médico mantém dúvidas, então ele terá que ponderar os riscos e os benefícios de cada um dos exames. Como podem ler no texto,

(…) cedo se soube que nem todas as técnicas de imagem seriam inofensivas. Aquelas que têm como base a onda de raio-x como as radiografias ou as TACs, emitem radiação que, de facto, poderá ser prejudicial ao ser humano. Outras como a ecografia ou a ressonância magnética não emitem radiação, contudo não substituem as primeiras.  

Invariavelmente, as radiografias e as TAC são técnicas valiosíssimas como procedimentos diagnósticos, detetando por exemplo fraturas ósseas ou pneumonias. A TAC é um exame de imagem mais pormenorizado, porém, a radiação de uma TAC equivale a centenas de radiografias. Estudos científicos têm vindo a demonstrar que crianças que fazem mais TAC têm um risco maior de no futuro vir a desenvolver tumores cerebrais ou leucemias.  

O website foi recentemente mudado e parece-me que se tornou mais difícil consultar o arquivo (são 153 artigos diferentes publicados ao longo de quase 10 anos). Deixo-vos a ligação para a dita secção de Pediatria. Daí podem ‘folhear’ dos textos mais recentes para os mais novos ou fazer uma pesquisa de algum termo que vos esteja a preocupar.

* sobre os traumatismo cranianos é sempre bom recordar os sinais de alarme que deixei aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: