Qual a melhor solução para hidratação oral?

Fui falando aqui e aqui que, na criança com vómitos ou recusa alimentar, é importante assegurar que ela não desidrata. Isto significa que temos conseguir fazer entrar no organismo pelo menos tanta água quanto aquela que sai. E ela pode sair sobre a forma de vómitos, diarreia, urina, suor, vapor de água na respiração (principalmente se existir febre), mas pode entrar apenas por uma via: a boca (naturalmente, uma vez que, artificalmente, podemos fazê-la entrar endovenosamente, isto é, pela veia). Posto isto, importa saber: qual a melhor solução para hidratação oral? Água, chá, solução de rehidratação à venda nas farmácias?

Vamos a uma aula de Medicina (Fisiologia do primeiro ano). A maior parte da água bebida passará pelo estômago e será absorvida pelas células do intestino delgado (os enterócitos), através de um mecanismo fisiológico simples: os gradiente osmótico. O corpo humano tende ao equilíbrio. Por isso, a água passará sempre de um meio menos concentrado para um meio mais concentrado, de forma a dissolver este último até ao ponto das concentrações ficarem iguais dos dois lados (equilíbrio osmótico).
[]fonte: http://web.ics.purdue.edu]
No intestino proximal (o mais perto do esômago), existe um transporte activo de nutrientes do interior do intestino (lúmen) para dentro do organismo. Assim, quanto mais glicose, sais minerais e aminoácidos chegarem lá, mais serão ‘atirados’ para dentro do organismo, onde vão ficando em concentração cada vez maior. O resultado imediato é dar-se a entrada de água para haver a ‘diluição’ destes nutrientes e consequente re-equilíbrio das concentrações. Esta é a razão pela qual as soluções de re-hidratação oral são mais eficazes do que a água pura e simples. As SRO contêm nutrientes em quantidade suficiente para puxar a água para o interior do organismo.
O problema das SRO continua a ser o seu sabor. Apesar de haver alguns com sabores de frutas, a verdade é que o salgado é difícil de disfarçar. Os miúdos acabam por torcer o nariz, embora a maior parte dos pais consiga ir dando as necessidades basais por seringa ou à colher. Quando aos vómitos se associa diarreia, pode-se dar SRO com próbióticos. O seu resultado na diminuição da diarreia é discutível e não é consensual que traga benefícios efectivos. Na dúvida, costumo tentar, porque, mal não fazem. As SRO são de venda livre.
No fundo as SRO são fórmulas medicalizadas de mezinhas como o chá com açúcar (glicose), a água de arroz, fervura de cenoura, ou receituário doméstico como uma colher de chá de sal (NaCl) para duas de sopa de açúcar e um litro de água. Se o problema for ligeiro (e as situações que não requerem ida à urgência terão necessariamente que o ser), a água por si ou uma destas receitas caseiras serve perfeitamente para manter uma criança hidratada. Nos casos mais graves, em que os vómitos já condicionaram algum grau de desidratação,  é provável que o médico prescreva uma SRO. Eis alguns exemplos.

[fonte: elsevierinstituciones.com]
[fonte: korangi.pt]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: